Serviços Hospitalares
  • Consultas e exames
  • Pronto Atendimento
  • Cirurgias e Procedimentos
  • Diagnóstico e tratamento de lesões intra cranianas
  • Embolização de tumores benignos e malignos e mal formações vasculares
  • Laboratório de Hemodinâmica
  • Terapia Intensiva
  • Internação Hospitalar
Especialidades Médicas
  • Anestesiologia
  • Arritmologia cardíaca
  • Cardiologia clinica
  • Cardiologia Intervencionista
  • Cirurgia bariátrica
  • Cirurgia buco-maxilo-facial
  • Cirurgia cardiovascular
  • Cirurgia coloproctologica
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Cirurgia de coluna
  • Cirurgia de joelho
  • Cirurgia de mão
  • Cirurgia de quadril
  • Cirurgia endovascular
  • Cirurgia geral e digestiva
  • Cirurgia ginecológica
  • Cirurgia hepato-bileo-pancreatica
  • Cirurgia otorrinolaringológica
  • Cirurgia plástica estética e reparadora
  • Cirurgia torácica
  • Cirurgia urológica
  • Cirurgia vascular
  • Clínica médica
  • Coloproctologia
  • Dermatologia
  • Eletrofisiologia cardíaca
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia e Nutrologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hemodinâmica
  • Hepatologia
  • Infectologia
  • Medicina de urgência
  • Medicina Interna
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Neurorradiologia
  • Oncologia
  • Ortopedia e traumatologia
  • Ortopedia Oncológica
  • Otorrinolaringologia
  • Reumatologia
  • Terapia intensiva de adultos
  • Urologia
Especialidades Multiprofissionais
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia Clínica Hospitalar

Blog

Câncer de pele: como prevenir e procurar dermatologista em Belo Horizonte


Postado em 22/01/2021




O câncer de pele é mais recorrente do que se imagina é o que aponta nosso dermatologista de Belo Horizonte. É por isso que no verão aumenta a preocupação com a exposição solar. Porém, devemos estar atentos para o cuidado com a pele durante o ano todo! 

Os sintomas do câncer de pele podem ser com lesões de tons rosados, avermelhados ou escuros e que podem crescer, sofrer alteração no formato ou demais sinais como coceira e sangramentos. É preciso aumentar o cuidado se há o histórico da doença na família, se a exposição ao sol é intensa ou regular e também no caso de pessoas com pele muito clara ou com muitas pintas pelo corpo.

 
Leia neste texto como se prevenir contra o câncer de pele e como encontrar um dermatologista em Belo Horizonte. 

Câncer de pele é mais recorrente do que se imagina


O câncer de pele corresponde a 27% de todos os tumores malignos no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). Existem alguns tipos de câncer de pele. Os carcinomas são os mais comuns, porém menos graves; os melanomas são menos frequentes, mas de maior gravidade. Geralmente a doença se manifesta em áreas de maior exposição solar do corpo.

O diagnóstico em estágios iniciais aumenta as chances de cura pela remoção do tumor em cirurgia, já que a lesão pode estar se desenvolvendo somente na camada mais superficial da pele. Porém, se o tumor está em camadas mais profundas, o câncer de pele está em estágio mais avançado e há a chance de metástase, quando ele se espalha em outros órgãos. 

Notou algo diferente na sua pele? Encontre um dermatologista em Belo Horizonte na nossa Central de Consultas.

Como vimos, os casos iniciais de câncer de pele podem ser tratados com cirurgia, sendo retirado o tecido ao redor do tumor. Já em casos graves da doença, a quimioterapia ou a radioterapia são os tratamentos utilizados. Mas quais são as principais formas de prevenção da doença e de outros problemas de pele?

>> Evitar a exposição em câmaras de bronzeamento artificial, proibidas no Brasil desde 2009. Elas também são uma fonte de raios ultravioleta. 

>> Estar atento à sua pele, se observar com frequência. Conferir se existem lesões, pintas novas ou manchas diferentes. Qualquer suspeita ou alteração deve ser examinada por um médico dermatologista.

>> Se consultar regularmente com um dermatologista. Agende com a nossa equipe de dermatologista em Belo Horizonte aqui.
> Sempre utilizar o filtro solar e não se expor ao sol de forma inadequada, evitando queimaduras e demais problemas de pele.

 

4 dúvidas comuns sobre o cuidado com a pele na exposição ao sol


Qual o melhor horário para se expor ao sol?


O melhor horário é antes das 10h e após às 16h, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia. Médicos dermatologistas alertam que a exposição ao sol entre esses horários pode ser perigosa, pois os raios ultravioletas estão mais intensos. A exposição ao sol é benéfica para a nossa saúde, como, por exemplo, na necessidade de absorção de vitamina D. Contudo, todo cuidado é pouco. O uso do protetor solar é indispensável. Além disso, uma exposição excessiva e sem os devidos cuidados como o horário pode causar problemas na pele como vermelhidão, queimaduras, manchas, melasma, envelhecimento precoce e outros.

Como usar o protetor solar?


Falando em cuidados ao se expor ao sol, a primeira atitude que pensamos é o uso do protetor solar. Esse é realmente um cuidado fundamental. O protetor ou filtro solar deve ser aplicado em uma quantidade generosa e antes da exposição ao sol. A Sociedade Brasileira de Dermatologia indica a aplicação uniforme de uma quantidade próxima a uma colher de chá rasa no rosto e três colheres de sopa no corpo. Ah, e não ache que o filtro solar deve ser utilizado somente na praia, em férias. O uso é diário, mesmo em dias nublados. Além disso, a reaplicação é recomendada, sobretudo se a exposição ao sol é intensa ou se ocorreu muita transpiração. 

 
Em entrevista para a TV Record, o dermatologista da nossa Central de Consultas, Dr. Lucas Campos Garcia, explica: “A reaplicação vai depender da intensidade dessa exposição. O ideal é que se reaplique de três em três horas, mas se a pessoa vai ter uma fotoexposição muito baixa, pode-se aplicar duas vezes ao dia”.

Porém, o filtro solar no corpo não é o único cuidado. É bom não esquecer de proteger os lábios e usar um bom protetor labial. Acessórios também são bons aliados, como chapéus, óculos e até mesmo roupas com fator UV.

Os cuidados são essenciais na preservação da saúde da nossa pele, mas o acompanhamento médico é insubstituível. Consulte sempre um dermatologista e siga suas recomendações.

Roupa com fator UV e o câncer de pele


As roupas com proteção ultravioleta são excelentes para quem pratica esportes e possui intensa transpiração, ou até mesmo para quem se esquece de repor o protetor com a frequência recomendada pelos especialistas.

Hoje em dia é fácil encontrar marcas que produzem esse tipo de roupa. Porém, é recomendado procurar aquelas que possuem certificação do fator de proteção UV. Uma proteção a mais, como já pontuamos, é o uso de chapéus e bonés. Os chamados bonés legionários são uma boa opção para a nuca e as orelhas. Aliás, a pele das orelhas é muito sensível e muitas pessoas se esquecem de usar o protetor nessas áreas. Fica o alerta!

Para tirar dúvidas sobre o fator de proteção mais adequado para você, uma conversa com um dermatologista é a solução. A ajuda profissional poderá trazer uma indicação personalizada para o seu tipo de pele.

Protetor solar antes ou depois do repelente?


Além da proteção ao sol, em temperaturas mais altas, temos que estar atentos a outra questão: os mosquitos, sobretudo o Aedes Aegypti. Das alergias às doenças como a dengue, esses insetos costumam aparecer e incomodar mais no verão. Porém, se proteger contra o mosquito e o sol ao mesmo tempo pode gerar uma dúvida. Devemos aplicar o protetor solar antes ou depois do repelente? 

Como é o cheiro do repelente o fator fundamental para afastar os mosquitos, primeiro deve-se usar o protetor solar. Depois de alguns minutos (quando a pele tiver absorvido completamente o produto) o repelente já poderá ser utilizado.

É importante aplicar o repelente nas áreas expostas do corpo, assim como o filtro solar. Além disso, devemos lembrar de seguir as recomendações do fabricante e conferir sua durabilidade no contato com a água ou após a sudorese intensa.

Quando o assunto é cuidado com a pele, toda a atenção é bem-vinda. Não é exagero se equipar de toda a proteção possível e buscar o que é melhor pra você. 

A pele é o maior órgão do nosso corpo e merece esse cuidado. Comece desde já consultando um dermatologista, tirando suas dúvidas e personalizando seu cuidado. A sua pele do futuro agradecerá.

Em caso de urgências e emergências como queimaduras solares e insolação, o Pronto Atendimento do Hospital Lifecenter conta com equipe multidisciplinar capacitada em rápida assistência aos pacientes.
Pensou em saúde, pensou Lifecenter. 
Este post possui 0 comentários.

Deixe um Comentário