Hospital Lifecenter | Blog
Serviços Hospitalares
  • Consultas e exames
  • Pronto Atendimento
  • Cirurgias e Procedimentos
  • Diagnóstico e tratamento de lesões intra cranianas
  • Embolização de tumores benignos e malignos e mal formações vasculares
  • Laboratório de Hemodinâmica
  • Terapia Intensiva
  • Internação Hospitalar
  • Especialidades Médicas
  • Anestesiologia
  • Arritmologia cardíaca
  • Cardiologia clinica
  • Cardiologia Intervencionista
  • Cirurgia bariátrica
  • Cirurgia buco-maxilo-facial
  • Cirurgia cardiovascular
  • Cirurgia coloproctologica
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Cirurgia de coluna
  • Cirurgia de joelho
  • Cirurgia de mão
  • Cirurgia de quadril
  • Cirurgia endovascular
  • Cirurgia geral e digestiva
  • Cirurgia ginecológica
  • Cirurgia hepato-bileo-pancreatica
  • Cirurgia otorrinolaringológica
  • Cirurgia plástica estética e reparadora
  • Cirurgia torácica
  • Cirurgia urológica
  • Cirurgia vascular
  • Clínica médica
  • Coloproctologia
  • Dermatologia
  • Eletrofisiologia cardíaca
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia e Nutrologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hemodinâmica
  • Hepatologia
  • Infectologia
  • Medicina de urgência
  • Medicina Interna
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Neurorradiologia
  • Oncologia
  • Ortopedia e traumatologia
  • Ortopedia Oncológica
  • Otorrinolaringologia
  • Reumatologia
  • Terapia intensiva de adultos
  • Urologia
  • Especialidades Multiprofissionais
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia Clínica Hospitalar
  • Blog

    Dengue: prevenção, sintomas e tratamento


    Postado em 31/01/2020


    Levantamentos registram alta da dengue no Brasil e em Minas Gerais. Os óbitos também têm crescido, então, fica o alerta para a prevenção! Precisamos eliminar os focos do mosquito transmissor, conhecer os sintomas da doença e buscar o adequado tratamento médico.

    O Brasil registrou um aumento de 488% casos de dengue em 2019 em relação a 2018, segundo dados do Ministério da Saúde. Desse total, 782 pessoas morreram em todo o país. A maior taxa de letalidade é a partir de 60 anos.

    O ano de 2020 também iniciou com o aumento da dengue em Minas Gerais, de acordo com Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Os casos prováveis passaram de 2.246 para 4.671, se comparado janeiro de 2020 com o ano anterior. O índice equivale a uma média de 180 diagnósticos suspeitos e confirmados por dia no estado. Em 2019, foram confirmados 173 óbitos e 98 permanecem em investigação.

    Saiba mais sobre dicas de prevenção e sintomas da dengue


    O Aedes aegypti, transmissor da dengue e de outras doenças, é um dos grandes vilões da saúde em todo o país. Por se adaptar ao ambiente da cidade, ele consegue se reproduzir em pequenas quantidades de água.

    Eliminar os seus criadouros é a nossa missão e é a melhor alternativa para a prevenção. Outras sugestões são o uso de repelentes e telas nas janelas. O mosquito normalmente ataca durante o dia, principalmente ao amanhecer e no fim da tarde.

    A conscientização é o melhor caminho


    A maneira mais eficiente de combater o mosquito é diminuir os cenários favoráveis para a sua reprodução. E isso deve ser feito durante o ano todo.

    Separamos algumas dicas que podem parecer banais, mas que na verdade são fundamentais para evitar a proliferação do Aedes aegypti. Confira!

    • - Mantenha a caixa d'água fechada e guarde garrafas sempre de cabeça para baixo.

    • - Cuidado com os objetos deixados no quintal e que podem acumular água, como tampinhas, pneus etc.

    • - Remova tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas da casa.

    • - Piscinas e vasos sanitários que não são usados com regularidade também podem virar criadouros.

    • - Lave semanalmente, com água e sabão, os tanques utilizados para armazenar água.

    • - Encha os pratinhos dos vasos de planta com areia até a borda.

    • - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada. Não jogue lixo em terrenos baldios.


    Essas são atitudes simples que podem fazer muita diferença. Ajude a fiscalizar a sua rua, converse com os vizinhos e contribua para a conscientização das pessoas.

    Sintomas da dengue


    A doença pode ser assintomática ou ter sintomas graves. A pessoa infectada pode ter, por exemplo, febre alta repentina, dores nas articulações, náuseas, vômitos, dor de cabeça e atrás dos olhos, vermelhidão no corpo e coceira.

    Nos casos mais graves aparecem sinais de hemorragia, como sangramento nasal e gengival, alterações neurológicas (delírios, por exemplo), sintomas cardiorrespiratórios, insuficiência hepática, hemorragia digestiva e derrame pleural.

    Ao notar qualquer sintoma, procure um médico, pois a dengue pode levar à morte.

    Tratamento


    Se apresentar os sinais típicos da dengue, como dor de cabeça e atrás dos olhos, febre e dor abdominal intensa, a pessoa deve procurar a assistência médica no pronto atendimento imediatamente. Caso a doença seja confirmada, o médico irá avaliar o estágio e indicar o tratamento.

    Para os casos mais brandos, o tratamento consiste em repouso, ingestão de líquidos e remédios sob prescrição médica para aliviar os sintomas. Vale destacar que como existem quatro tipos de vírus, uma pessoa pode pegar dengue mais de uma vez se contaminando com um vírus diferente, o que aumenta os riscos da doença na sua forma hemorrágica.

    O Hospital Lifecenter possui pronto atendimento e agendamento de consultas, e está à disposição para atendimento em caso de suspeitas de dengue.

    Outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti


    O mosquito também é o transmissor da zika e da chikungunya. A zika é assintomática em 80% dos casos, e quando os sinais aparecem costumam ser brandos, como febre baixa, manchas vermelhas na pele, coceira, dores leves nas articulações e olhos vermelhos. Em alguns casos também pode ter dor de garganta, tosse, vômitos e inchaços no corpo. Em gestantes, o vírus pode prejudicar o bebê e levar a casos de microcefalia.

    Já a chikungunya causa fortes dores nas articulações, náuseas, febre alta e erupções cutâneas avermelhadas que coçam muito. Além disso, os gânglios linfáticos podem se inflamar e causar sangramento nasal. Os sintomas podem durar meses, inclusive transformando em dores crônicas nas articulações.

    Viu como o nosso principal inimigo a ser vencido é o Aedes aegypti? A postura da população é fundamental nesse processo, afinal é preciso cuidar da nossa casa e ficar de olho na vizinhança.

    E você, está fazendo a sua parte? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e contribua com essa luta que é de todos.
    Este post possui 1 comentário.
    Responder Wagner Roberto 22/04/2019 17:25:52

    Sim ,recomendo, Nota :10 Ótimo atendimento,em todos os sentidos. Da porataria,triagem,confecção das fichas p atendimento,sala de espera,atendimento médico,enxames laboratoriais. Em fim,todos funcionários,desde do porteiro até pessoal da limpeza,nota 10 para toda EQUIPE. Parabéns fiquei muito satisfeito.

    anubegiginub 20/01/2020 06:05:51

    Aguardando Moderação

    inagfej 20/01/2020 06:38:57

    Aguardando Moderação

    ibiqwobdo 07/02/2020 06:04:57

    Aguardando Moderação

    epiwaba 07/02/2020 06:27:35

    Aguardando Moderação

    eyolasatazgu 10/02/2020 21:39:37

    Aguardando Moderação

    inicocau 10/02/2020 22:02:21

    Aguardando Moderação

    uuwauda 25/02/2020 00:33:59

    Aguardando Moderação

    ucakibviv 25/02/2020 00:37:14

    Aguardando Moderação

    erilohbo 25/02/2020 00:58:31

    Aguardando Moderação

    avidonugu 25/02/2020 01:01:50

    Aguardando Moderação

    opafibaduh 25/02/2020 01:20:17

    Aguardando Moderação

    pezoxatipi 25/02/2020 01:52:02

    Aguardando Moderação

    ediroxomno 02/03/2020 08:58:05

    Aguardando Moderação

    iidatixevihor 02/03/2020 09:17:07

    Aguardando Moderação

    wamisizoiz 02/04/2020 09:33:09

    Aguardando Moderação

    uzajuku 19/05/2020 22:44:05

    Aguardando Moderação

    ixijimeje 19/05/2020 23:12:48

    Aguardando Moderação

    Deixe um Comentário