Serviços Hospitalares
  • Consultas e exames
  • Pronto Atendimento
  • Cirurgias e Procedimentos
  • Diagnóstico e tratamento de lesões intra cranianas
  • Embolização de tumores benignos e malignos e mal formações vasculares
  • Laboratório de Hemodinâmica
  • Terapia Intensiva
  • Internação Hospitalar
Especialidades Médicas
  • Anestesiologia
  • Arritmologia cardíaca
  • Cardiologia clinica
  • Cardiologia Intervencionista
  • Cirurgia bariátrica
  • Cirurgia buco-maxilo-facial
  • Cirurgia cardiovascular
  • Cirurgia coloproctologica
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Cirurgia de coluna
  • Cirurgia de joelho
  • Cirurgia de mão
  • Cirurgia de quadril
  • Cirurgia endovascular
  • Cirurgia geral e digestiva
  • Cirurgia ginecológica
  • Cirurgia hepato-bileo-pancreatica
  • Cirurgia otorrinolaringológica
  • Cirurgia plástica estética e reparadora
  • Cirurgia torácica
  • Cirurgia urológica
  • Cirurgia vascular
  • Clínica médica
  • Coloproctologia
  • Dermatologia
  • Eletrofisiologia cardíaca
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia e Nutrologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hemodinâmica
  • Hepatologia
  • Infectologia
  • Medicina de urgência
  • Medicina Interna
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Neurorradiologia
  • Oncologia
  • Ortopedia e traumatologia
  • Ortopedia Oncológica
  • Otorrinolaringologia
  • Reumatologia
  • Terapia intensiva de adultos
  • Urologia
Especialidades Multiprofissionais
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia Clínica Hospitalar

Blog

Gastrite tem tratamento. Entenda a relação da doença com a pandemia e procure um gastroenterologista em Belo Horizonte


Postado em 25/02/2021




Por que a procura por um gastroenterologista em Belo Horizonte para tratamento de gastrite e refluxo pode ter aumentado nos últimos meses? As doenças gastroesofágicas emocionais têm sido mais relatadas durante a pandemia.

É inegável que a Covid-19 afetou a vida das pessoas de diversas maneiras. A doença em si, o luto, questões econômicas relacionadas ao trabalho e família são apenas alguns dos exemplos. Portanto, a instabilidade da saúde emocional é um resumo de tudo o que as pessoas têm vivido no período. E ela afeta o corpo de diversas formas. Por causa disso, e doenças gastroesofágicas emocionais aumentaram na pandemia de forma considerável.

Neste artigo vamos abordar como os problemas emocionais durante a pandemia afetam o sistema digestivo. Você vai esclarecer aqui sobre a ligação entre saúde emocional e do corpo. E também, vai entender mais sobre refluxo, gastrite e úlcera e como se prevenir e cuidar desses males.

 

Pandemia e saúde emocional


A pandemia afetou diretamente a saúde mental da população. Seja pelo o que a doença representa em si, como preocupação, perdas e luto, seja pelas consequências que a pandemia trouxe ao dia a dia. Isolamento social, quarentena, distanciamento, tudo isso fez com que as pessoas estivessem mais distantes de familiares e amigos, diminuindo os momentos de diversão e relaxamento mental. Como resultado, o estresse e a ansiedade aumentaram. Ainda há a preocupação com a higiene constante e todo o aprendizado dos novos protocolos, que podem causar cansaço mental e preocupação.

Os problemas emocionais afetam a mente, a disposição e a vida do paciente como um todo. Portanto, o organismo inteiro pode sofrer alterações por causa de questões que começam na mente. Uma das principais áreas atingidas pelas doenças emocionais é o sistema digestivo.  Muito ligado às emoções, o sistema pode desenvolver doenças como refluxo e gastrite. Isto é, as chamadas doenças gastroesofágicas emocionais estão marcando presença nestes tempos de pandemia.

 

Procura por tratamento para gastrite aumenta na pandemia


Alterações no sono, aumento de preocupação e estresse, hábitos alimentares modificados. Muito tempo passado em casa, opções de lazer diminuídas e notícias ruins atingindo coletivamente a população. Diversos são os fatores de mudança que a pandemia trouxe, muitos deles trazem também consigo distúrbios emocionais que podem causar doenças gastroesofágicas.

Problemas emocionais como ansiedade e estresse estão ligados a doenças gastroesofágicas. Como? Há dois caminhos principais para isso: o primeiro, claro, é que variações emocionais podem causar distúrbios na alimentação, podem ser reflexo de muitas horas sem comer ou comer em excesso, por exemplo. O outro caminho é a ligação direta entre essas doenças e o aumento do ácido gástrico no organismo. A ansiedade é uma das causadoras do refluxo justamente por essa razão. O estresse aumenta o teor da acidez e também pode levar a problemas como azia e gastrite.

Saiba que os cuidados e a prevenção são caminhos possíveis de se seguir. Acima de tudo, a busca por uma qualidade de vida cada vez maior e uma rotina saudável são pontos primordiais na manutenção da saúde do corpo e consequentemente de sua saúde gastroesofágica. Agende uma consulta com um nutrólogo e um gastroenterologista, em Belo Horizonte, no Hospital Lifecenter.

 

Entenda as principais doenças gastroesofágicas e busque um gastroenterologista


Refluxo


O refluxo gastroesofágico é o retorno do conteúdo gástrico para o esôfago. As substâncias do conteúdo gástrico podem irritar a mucosa do esôfago, garganta e até mesmo boca e dentes, caso chegue lá, por causa de sua característica ácida.

A azia, a dor abdominal, a tosse seca são alguns dos sintomas. Outra indicação de refluxo é quando esses sintomas pioram se a pessoa está deitada, pois a postura facilita o movimento de retorno, intensificando o incômodo. Estes sintomas auxiliam no diagnóstico, que pode passar também por exames de endoscopia e pHmetria. 

O tratamento pode ser medicamentoso ou até mesmo cirúrgico, dependendo do caso. Além disso, a recomendação principal é a mudança de hábitos: deve-se evitar os alimentos que causam mal, além de buscar uma rotina com exercícios físicos e buscar dividir a quantidade de alimentos entre várias refeições ao longo do dia. Alguns dos alimentos a serem evitados são bebidas alcoólicas ou gasosas, alimentos gordurosos e cafeína, por exemplo. 

Gastrite


A gastrite é uma doença em que a parede interna do estômago inflama. Há a gastrite crônica, em que a inflamação demora mais para ocorrer e a gastrite aguda, em que o processo inflamatório acontece de repente. Alguns sintomas são a azia, a dor abdominal intensa, vômitos, bem como perda de apetite.

A inflamação pode levar a lesões na mucosa do estômago e pode ocorrer em diversos níveis e pode ser mais ou menos corrosiva. Nesse caso se caracteriza a gastrite erosiva.

As alterações emocionais como estresse e ansiedade podem causar o estímulo na produção do ácido gástrico, o que pode desencadear este e outros problemas, como o refluxo, por exemplo. É importante, porém, estar atento à rotina da alimentação, ao apetite, às possíveis náuseas e presença de sangue nas fezes ou em vômitos, que configuram seus sintomas principais.

Procure a melhor maneira de fazer seu tratamento para gastrite agendando uma consulta com um gastroenterologista em Belo Horizonte, no Hospital Lifecenter.

Úlcera


Há alguns tipos de úlceras que podem surgir no sistema digestivo. As úlceras pépticas, surgem no estômago e são úlceras gástricas. As úlceras do duodeno aparecem na ligação do intestino delgado e do estômago. Mais raras, também existem as úlceras do esôfago. Porém, quando se fala de úlcera, geralmente se diz do seu tipo mais comum, as úlceras pépticas.

A úlcera é caracterizada por uma ferida. Essa ferida surge por causa dos ácidos estomacais que passam a atacar as paredes do estômago e do duodeno, quando normalmente afetam somente os alimentos no estômago. Os sintomas passam por dores e queimação, sangue nas fezes e em vômitos. A endoscopia é uma forma de identificar esta doença.

Uma de suas causas, inclusive, é o estresse. O desequilíbrio emocional pode trazer vários distúrbios e problemas ao corpo. O sistema digestivo é certamente um dos que mais sofrem com alterações como o estresse.

Problemas intestinais, como a Síndrome do Intestino Irritável, também são muito comuns neste momento. Saiba mais sobre eles aqui

 

Mantenha uma rotina saudável e procure um gastroenterologista 


Em tempos de pandemia, sabe-se que o nível de estresse está elevado, que o consumo de alimentos gordurosos, cafeína e álcool tem aumentado. E que também as rotinas não são as mesmas e o rigor com a alimentação saudável também não. Assim, era esperado o aumento dos casos de problemas gastroesofágicos. 

O equilíbrio emocional é parte fundamental da saúde. Não deve ser esquecido e os cuidados, nestes tempos de pandemia, devem se direcionar a ele também. Além de retomar a atenção com os hábitos, a consulta com um médico de confiança deve acontecer se qualquer um desses sintomas aparecer. Então, agende uma consulta com um nutrólogo e um gastroenterologista em Belo Horizonte, no Hospital Lifecenter, on-line ou por telefone, clicando aqui.

 

Saiba mais


>> Imunidade e o equilíbrio emocional. Acesse aqui e saiba como se cuidar

>> Ansiedade, estresse e depressão. Não negligencie os sintomas. 

>> Conheça aqui o trabalho da psicologia hospitalar. 

 
Pensou em saúde, pensou Lifecenter. 

 
Este post possui 0 comentários.

Deixe um Comentário